O poder dos chás


O Poder dos Chás | Flavia Cyfer - Nutricionista

    Esqueça aquela velha crença de que chá é coisa de quem está com dor de barriga, dificuldade de dormir ou precisando se acalmar. Chá é muito mais do que isso. Beber chá é um ritual enraizado na cultura oriental há quase cinco milênios, no entanto, o seu consumo no Ocidente é recente, após o ganho de popularidade na Europa, em meados dos séculos XVI e XVII.

    Você sabia que ao degustarmos chás variados podemos desfrutar de propriedades e benefícios para a saúde bem peculiares, abrindo um enorme leque de combinações funcionais?!  Seja para promover relaxamento, tratar algum problema de saúde, proporcionar um sabor gostoso, estimular o metabolismo, combater a retenção de líquidos, eliminar as toxinas do organismo ou até mesmo auxiliar na perda de peso.                                                                                                                 

    Mas lembre-se, se ao consumir algum chá, você tem o objetivo de melhorar determinada condição de saúde, deve observar a regularidade, sem esquecer de garantir o equilíbrio da alimentação e a prática de atividades físicas, pois nenhum chá sozinho faz milagre. Uma pesquisa realizada na universidade de Newcastle, constatou que o consumo diário de chá verde ou preto inibe a produção de enzimas cerebrais relacionadas com a perda de memória. No entanto, os benefícios cessam com o fim do consumo dos chás. Alguns chás possuem a capacidade de acalmar e outros possuem propriedades benéficas que podem ser usadas no tratamento de diversas patologias.

    Mas, você sabia que o horário em que você ingere esta bebida pode fazer toda a diferença em relação aos seus benefícios e estímulos? 

    Pela manhã, o indicado é consumir um chá que aumente a energia e lhe proporcione mais disposição para seguir bem o dia. O chá preto, por exemplo, estimula a produção dos neurotransmissores cerebrais que dão energia ao nosso organismo. Uma dica é substituir o café por uma infusão que também seja energética. Para não interferir na absorção dos nutrientes, o chá deve ser consumido cerca de 30 minutos antes ou 30 minutos após o café da manhã.Algumas das ervas indicadas para começar bem o dia são as seguintes: canela com gengibre, chá verde, chá preto, chá mate e infusão de cascas de laranja com canela.

    Normalmente o almoço é a refeição mais pesada do dia, e por este motivo, é uma boa ideia consumir um chá digestivo 30 minutos após a refeição. A ingestão de bebida morna pode auxiliar no processo de digestão.

    Os chás mais indicados para esse momento do dia são: chá de hortelã, erva-cidreira, jasmim, gengibre, maçã e de boldo. O chá verde também pode ser consumido após o almoço, pois auxilia na digestão e é diurético, porém deve haver o cuidado na ingestão de chás ou bebidas ricas em cafeína logo após ao almoço, pois essa substância tem o poder de interferir na absorção de Cálcio e Ferro das refeições.

     Você já deve ter ouvido falar do famoso “chá das cinco” dos ingleses, que geralmente é uma mistura de leite e chá preto, servida bem quente (bem popular na Índia também). A ingestão do chá no fim da tarde pode ajudar a manter o pique caso você ainda precise realizar outras atividades. Para isso, o ideal é optar pelas ervas enérgicas, mas lembre-se do horário para que a bebida não atrapalhe a sagrada hora do sono. Duas opções indicados para o chá da tarde são o chá branco, preto e o matcha com bebidas vegetais, como por exemplo, “leite de castanha de caju” e “leite de coco”.

     Com as frequentes reclamações de insônia nos dias atuais, não podemos deixar de citar algumas ervas para esse momento tão importante que reflete em nossa saúde. Os chás de camomila, erva-doce,  capim-limão e  de melissa são grandes aliados da modulação do sono.


> Deixe seu Comentário



Flavia Cyfer

Nutricionista graduada em Nutrição pela Universidade Gama Filho, pós graduada em Nutrição Clínica Funcional pela VP e pós graduanda e

Leia mais...

Canjica Funcional
Canjica Funcional

Ingredientes: ⠀...